Omninvi :: Invii demanda sapientia

Um doidivanas mostra o seu saber por intermédio das palavras e um pouco da imagem. Poemas, opiniões, revisões. Uma mistura de sociedade e tecnologia. Com temáticas conforme me vou lembrando de escrever.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Cucujães 33, O PPV!

Sem comentários

E já não escrevo faz algum tempo, ao torneio aberto de cucujães o ano passado faltei, no anterior tinha amado, este vai a pouco mais de meio e já deu fruto de satisfação suficientes para estar a amar, isto no meu total, se seleccionar e filtrar para equipa podia não achar satisfatório, contudo isso só amanhã se sabe por isso não coloco em análise. A análise do dia traz momentos fantásticos. Início da sessão do dia, jogo com um adversário de apenas sete anos. Tenta uma linha complexa para a idade, mas ele não tem essa noção quer explorar e tentar linhas como é normal e ainda bem que o faz e tem vontade em explorar ideias, contudo sendo uma linha jogável mas difícil dá uma peça! Bufa e continua o debate sem se curtar! Quase ao fim tendo eu já praticamente mate imparável sem grande cálculo ele encontra a melhor linha, impede mate já e ameaça ele mate! Fui surpreendido pois como não tinha calculado tive que o fazer, era imparável e ele perde e a mim fascina - me como ele com a idade que tem vê e resolve as ameaças que lhe aparecem, eu na idade dele tinha aprendido a mover as peças e saber as regras nada de teorias nem torneios, jogava com quem aprendi, um amigo da primária e claro mudou tudo ter entrado para um clube, mas isso só perto dos doze. A partida acaba rápido e subo a um café onde já tinha estado à dois anos. Vou tentar subir as escadas como à dois anos e deparo com um muro a meia escadaria e depois outro no fim! Aluimento de terra! Tornou - se perigoso?! Acabei por saltar os dois muros para explorar um pouco e fiquei com a dúvida sobre como poderá afectar a estrutura do edifício! Sigo para o café pensado e a interrogativa de poder estar fechado morre, e além de estar aberto, fiquei surpreendido pela estabilidade, fui atendido pela mesma cara simpática de à dois anos e mais surpreendente o mesmo corpinho, café estável, empregada estável, Internet também disponível e um dos amigos e colegas de equipa ouve - me e chama - me, convenço-o em vir para fora, para a esplanada para poder fumar, ele questiona se tem Internet eu digo que sim, e como isto foi já quando pedi o segundo café já sabia que sim pois estava lá fora entretido do meu jogo de cartas virtuais. Houve um momento à geração dedo, eu no meu jogo e ele a tentar ganhar dinheiro no poker, na mesma mesa pouca distracção, mesmo assim quando tento frisar que posso estar a quebrar - lhe a atenção ele afirma que não, estava mesmo a perder por jogar e calcular mal, afirma cansaço. Paramos os tablets quando ele acaba com o poker, e só na conclusão final admite que havia o momento de admitir o agora não e foi preciso perder dinheiro para parar. Estivemos num debate ideológico e as duvidas eram sempre do ego, ele não se quer saber na possibilidade do não ego, ele quer um super ego, um ego tão forte e tão capaz que consiga anular o desejo e o sentimento e consiga estar bem, ou seja a anular o desejo então falamos na capacidade de reprimir e não sofrer, e saber reprimir às vezes é útil mas cuidado que se se reprime o animal muito tempo ele estoura. Tentei fazer vê - lo isso que viver é ter prazer e dor, o saber gerir é saber viver, dizer que só se tem uma das partes é enganar, não é total. E ele como homem consegue certas satisfações fácil, mas com a idade estas podem se perder fácil. A vida é insegura e subtil, a segurança é uma ilusão da mente e prende, o animal viveria simplesmente. Não lhe pedi para ser o animal, porque ele total é tudo, o animal e o racional. Contudo ele prendeu - se à ideia que pode ser só o ser racional e dar-se bem com isso, esquecendo que ele é 99% animal e 1% racional! Dei - lhe a analogia de estar a tentar remar contra a maré e na insistência claro que aceitei a excepção, mas interroguei - o se quer ser uma delas! A totalidade torna - se mais fácil aceitando o animal como ele é, e ir gerindo quando não ser animal é a mestria, mas reprimir vai ter sempre consequências. Quando o ego fica convencido da existência da possibilidade o momento torna - se gargalhada pois não existe problema afinal nenhum, ele o ego não tem necessidade de morrer. Então rimos do rei que ao saber que sua esposa tinha caído ao rio, vai a correr em seu socorro, para espanto do povo o rei começa a nadar rio acima, muitos estavam a gritar e tentar que o rei fosse rio abaixo para a foz, para onde possivelmente sua rainha tinha ido, ele parou e disse, estão loucos a minha mulher conheço eu! A risota foi o fecho e viemos para a zona do torneio. O resultado foi o esperado, perdeu, o acusar de cansaço evidenciou - se, fiquei foi surpreendido com a postura desistente, nem queria já competir no dia a seguir! Não aconteceu e por equipas ganhamos o torneio. Enquanto ocorreu este jogo tive eu mais uma situação engraçada! Com três pontos tive acesso a um bye, ou seja ganhei sem jogar, situação não muito comum para quem tem dois pontos! E em consequência voltei à esplanada do café fiquei um pouco no meu jogo e a sair já tinha ouvido um pouco do diálogo de dois seres, um parecia claramente iluminado e o outro quando iniciou teorias de conspiração eu aproveito para brincar. A introdução foi aceite e falamos um pouco mais e bom diálogo, foi partilha de experiências de vida e aí um deles bate - me bem pois eu em muitos pontos sei e ele sabe porque experienciou eu apenas tenho saber adquirido em alguns dos temas, contudo quando se terminou em ideologia já a sair da experiência e prática eu faço uma afirmação válida apenas aí em plano ideológico, contudo nessa afirmação de termino começa a minha tristeza, pois estava bem contente em encontrar alguém terra a terra, realista e humano e a alguém parece servir de carapuça o que foi dito. Tínhamos terminado e claro já estava a ver que a interrupção ia ser negativa e claro na exploração do quanto lá começo por perguntar o que disse e não foi capaz de me responder! Entendi logo o que se estava a passar! Ele entendeu e está a aceitar uma provocação inexistente, ele nem sabe o que foi dito mas quer já ficar preso à afirmação e debater por aí. Eu fui ainda mais manhoso, visto que não tinha ouvido direito a afirmação eu vou omitir um pormenor e fico no mais sintético possível afirmando novamente mas desta vez apenas fica: Políticos, Padres e Vendedores não são necessários. Ele aceitou a provocação, é um dentro das classes apresentadas, da classe com menos poder das apresentadas, um vendedor, uma profissão dentro das apresentadas como sendo a mais fácil de eliminar, uma profissão que existe para dar ganha pão, pois o humano tem que sobreviver, na realidade nenhuma das apresentadas é necessária esta é a afirmação total o acrescentar na realidade, mas qual realidade? A realidade ideal, estávamos em plano ideológico, mas este vendedor não sabe o que falamos antes e nessa ignorância ele começa a bater - se que ele vendedor é um elemento necessário e essencial. Mostrou um perfil de vendedor relativo, e começaram as falhas típicas do básico. Avisei - o logo para não aceitar a provocação, não conseguiu e um amigo e pelos vistos primo avisou logo que ele não sabia o que tínhamos falado. E claro não aceitou a recomendação do amigo e primo iluminado e comete erros normais de básico. Sem argumentos aponta o dedo ao meu ser, o eu ser um ser fumador! E a tentar mostrar poder de argumentação tenta afirmar que disse uma falácia e quem as cometeu foi ele, pois a minha afirmação não é falaciosa, contudo quando brinco com o elemento comum das classes que apresentei, facilmente todos foram ao enganar e à mentira e aí ele faz duas afirmações! Uma para os outros dois pois estavam no tema do engana e ele diz: Vocês gostam de ser enganados. E ia intervir nesta falácia mas ele aumenta - a e visto que ao fazê-lo se inclui, mesmo inconscientemente, não o faço. Ele acrescenta, Os Portugueses gostam de ser enganados. Ninguém gosta de ser enganado e infelizmente todos somos ao longo da vida, considera - se já parte do processo, mas não devemos tolerar, nem aceitar, contentar - se que nada se pode fazer é um problema e não ajuda na solução. E a conversa termina com o vendedor a achar que venceu o debate, eu sou um ser falacioso e nem consegue reafirmar o que eu disse, e deixo ficar com as suas últimas palavras, vim aqui para ver o Benfica não para discutir, esquecendo - se que foi ele que provocou tudo aceitando uma provocação que nada lhe devia ter feito, contudo o poder da palavra na mente é forte e alterou os dois estados de espírito, pois estava alegre, mas básicos deixam-me quase sempre triste, contudo, a excepção é tão boa que fico extremamente contente quando ela ocorre, não foi o caso, mesmo avisado continuou e dois avisos seria suficiente, um de um desconhecido e tão directo ainda admito que tenha ignorado, mas de um amigo e primo?! Fiquei triste, mas é sempre assim não posso ter só alegrias no dia era bom de mais, contudo adepto de carpe nunc a tristeza durou pouco, apenas comprovei a suspeita, mais um básico e foi carpe diem com intensidade acima da média, o que me leva a continuar a amar ir a cucujães, este foi já o 33o, do torneio português mais antigo, onde a minha prestação vai sendo regular, meio da tabela, apesar de neste o último jogo ficar marcado por erro teórico que não devia já cometer, não ficando melhor qualificado por isso, demasiada confiança e pouco pensar na abertura deu em derrota, não ficando assim no top dez, como aconteceu com os elementos da equipa que para ela pontuaram, estes bem melhor pois foi segundo, terceiro e quarto, o primeiro ficou por um fio.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

OmniBit

Sem comentários

Bem-vindo ao OmniBit a página que lhe dá satoshis!

O OmniBit é uma roda que contém um conjunto de Faucets e o seu tempo de ciclo. O funcionamento é simples, coloca o seu endereço bitcoin e começa a visitar sites que pagam pela visita, só precisa de provar que é humano.

Se ainda não possui nenhum endereço bitcoin, pode criar um na Coinbase.

Ganhe moedas Electrónicas (Bitcoins)

Endereço Bitcoin


Legenda

Faucet - Site que dá satashis por visitar.
GM - Ganho médio após algumas visitas.
TC - Tempo do ciclo da faucet fazer reset.

sábado, 5 de setembro de 2015

Deus? !!

Sem comentários

Podes falar da sua existência,
da sua não existência,
Da sua presença,
ou não presença,
Sempre dúvida,
nenhuma certeza.
Quem viu não provou,
Quem não viu acredita,
ou não quer acreditar.
Quando mo definem fico indignado,
não com a definição,
mas com a acção!
Pois falam tanto,
mas se sentissem o todo,
ele tem amor para dar,
mas não significa
que tristeza também não abunde,
mas já não querem amar o todo,
querem amar nem sabem o quê!
E nem receber já sabem fazer!
Bem melhor é receber,
egoísmo notório,
dá fraco viver.
E depois procuram,
quando, melhor destroem,
E muito aceitam!
Só mentes corroem!
Qual o proveito?
De uma vida supérflua!
Vivem o futuro, uma vida vazia!
Um passado duro, poucos momentos a recordar!
E esquecem o agora e o seu amor,
Preferem aguardar a hora,
e quem se aproxima é a morte,
a vida pouco importa, pois tanto abusam!
E com ela a bater à porta,
nem tempo de redenção tiveram!
E redenção é já muito mal feito,
De nada serve além do egoísmo!
Assume na hora o erro praticado
Sente-o no peito.
E se a reacção corrigiu, está feito.
Não procures redenção,
Sente o teu coração,
Sê um ser humano total,
Não fiques só pela razão,
Apura a intuição,
Mostra a tua emoção.
O todo está em tristeza,
E se sentisses, não acreditavas,
tinhas a certeza.
Amor ainda existe,
Mas com tanta destruição,
Pode não ser mais possível tal transformação!
O equilíbrio tem limites,
quando não for realizável,
termina o amor, fica a tendência,
E não existirá ser, a falar de decadência.
Quem de fora observar,
Simples será dizer,
Biliões de anos a criar,
Dois séculos para tudo morrer.
Ainda se achavam inteligentes!
Que crentes!

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Pensamentos sobre vitória e derrota

Sem comentários

Amo a derrota, não por ter sido vencido mas porque me leva a aprender algo de novo. Vencer nada trás de novo, apenas uma satisfação de um momento.
Então amo o desequilíbrio que a derrota provoca, ele é natural e fica mais simples equilibrado entender o motivo da derrota e aprender.
Vencer apenas significa que consegui mostrar o que sei, ou que o que sei, foi suficiente, nada trás de novo. Ficarei mais satisfeito com a excepção, que apesar de trazer algo de novo, consegui superar.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Procuram soluções? Elas não estão no movimento

Sem comentários

Escrevi o artigo anterior, sobre a República das Bananas, uma indignação comum de más práticas, contudo pedem-me soluções e o assunto é bastante complexo.
Dou como solução a paragem e sim esse é o princípio mais lógico,  quando não concordo não posso ser cúmplice, páro.
Num principio geral Zen, o mundo está perfeito, pois se acham que não, corrijam o erro no agora, e amanhã estará melhor, contudo perfeito, sempre perfeito, pois está como sabemos. Sabes melhor? Faz, não fales, pratica no agora.
O português não é povo de métodos, contudo já está demonstrado pelo japonês que existe métodos para tudo. Sabes melhor método? Mostra, para se poder observar e começar a praticar se efectivamente é melhor prática.
Mas o português é dono da moral e das más práticas e hábitos são difíceis de mudar, estará o indivíduo com vontade de mudar?
Não, as más práticas são aceites moralmente, por isso vou contra qualquer moral, a moral prejudica a evolução, ela não existe fora da mente de um grupo, e o grupo aceitando a má prática moralmente, vai praticando o mal e  diz que o outro também o faz. É assim em Portugal o outro faz eu faço, e ainda vendem a moral: e se o outro se deitar da ponte também vais? Não, cada um usa a moral no seu egoísmo, para seu próprio benefício.
Assim esta prática egoísta normal vai mantendo as más práticas e a sua aceitação, criando tolerâncias que quando rebentam prejudicam normalmente alguém sem grande culpa.
Não devemos tolerar muito tempo algo que não aceitámos, o espírito vai fazer-se sentir e o indivíduo vai tarde tentar algo que detesto, a redenção. Quem procura redenção já provocou muito mal, porque merece o meu perdão? As desculpas evitam-se e se fizeste mal, ficou registado, nada existe para anular, está feito. ASSIM EU NÃO ACEITO PERDÃO. É palhaçada fizeste, está feito.
Esse é o mal das religiões tentarem convencer que a redenção existe, fizeste mal ao todo vais pagar as consequências nada te salva, nem a lei, nem a morte.
Então procuro que o indivíduo tenha mais consciência das boas práticas, pois elas existem. Que o indivíduo corrija rapidamente um erro que cometeu, pois aceitar o erro e corrigir é boa prática.
Mas estou em Portugal, logo não existe preocupação no ser em ser um ser humano, mas sim em ser um bicho manipulado pior que um animal irracional, então ninguém vai iniciar o princípio de não movimento, pois a revolução do ser desta Era não pode começar em Portugal, um país com uma mentalidade reduzida.
Iniciar a paragem do Mundo Humano, será a principal revolução desta Era, pois movimento já não muda nada, mas a ausência de movimento vai fazer acontecer tudo.
A ausência de movimento no ser leva-o ao seu encontro, e quando biliões o fizerem será impossível de parar e afectará o todo da forma mais positiva e incrível que o ser humano alguma vez experiênciará, o Zen não ficará perdido, ele trará flores desabrochadas e cheias de odores novos.
E tu quando vais acordar?

República democrata! Mais República das bananas!

Sem comentários

Pergunto-me quantos portugueses leram a constituição da República! E quantos concordam com tudo escrito! Quantos portugueses conhecem as leis que estão submetidos? Tantas leis farão sentido? Quantas sabe a população geral? A resposta é simples nenhuma. Ninguém sabe quantas leis e que leis tem o país! E poucos são os que leram a constituição sem serem obrigados.
O povo vai tendo umas noções gerais e mantém a ignorância,  e depois está à espera de quê?
Acho lamentável pois todos querem direitos, ninguém quer cumprir com os deveres, será que não entendem a ligação?
E vem uma Europa querer mais direitos e deveres mas sem construir uma base sólida que o permita. Desde a sua constituição que se houve falar de injustiças, e que tem sido feito nesse sentido? Como podem pedir que seja civilizado, ambientalista e ecologista quando para ter esse estatuto ou atingir esse patamar, sou obrigado a gastar o que não tenho!
Como podem fazer leis que nunca aprendo, nunca aprendi nem colocam a aprender, pois os únicos que as aprendem é para ganhar dinheiro, ou investiram em quê!
Falam de democracia mas não vejo nunca o poder do povo, e ainda dizem que democracia é o poder do povo, e claro quem aceitar esta definição apenas conclui que ela não corresponde.
Serão precisas assim tantas leis para o entendimento humano? A prática mostra que não pois o humano do povo vai agindo com respeito e nada lhe acontece mesmo não sendo conhecedor de leis!
Um humano que aja sem prejudicar o outro o mais certo é prejudicarem-no a ele, mas protegido deveria estar e a lei deveria protegê-lo, raramente acontece, pois este ser não tem conhecimento para reinvindicar o seu direito.
Vejo constantemente as pessoas a irem contra a lei, quase que é natural, e certas leis aqui em Portugal, as pessoas nem as conhecem e claro por ignorância ou não praticam a ilegalidade.
Quantas pessoas alimentam pombas?
Quantas pessoas têm animais ilegais em casa?
Quantas pessoas fumam e deitam os resíduos para o chão?
Quantas pessoas deitam lixo para o chão?
Quantas pessoas praticam provocações? Bulling psicológico.
Quantas pessoas maltratam violentamente? Bulling físico.
Estas são as simples depois o oportunismo leva a mais, pois existe quem queira conhecer a lei para a manipular, para manipular outros e claro sempre por interesse e benefício pessoal, o todo pouco importa.
Existe quem venha de África com más práticas e pouco conseguimos fazer para proteger o indivíduo pois em muitos casos este nem se queixa.
O oportunismo e a falta de respeito é constante e se o povo faz e influência muito, imaginem o topo fazê-lo, o quanto não influência.
E perguntam-me como resolver, e o como é complexo, pois greves já nada fazem e o ser parar é aparentemente uma solução pouco viável,  na realidade o povo mostra medo e não consegue parar, e o político aproveita para continuar.
A solução é o povo parar, mas este tem medo de estar quieto um mês sem consumir, sem ir ao café, ao cinema, sem ver televisão,  sem ouvir rádio, sem exercer a função que o treinaram, e enquanto este medo estiver presente nenhuma solução nova será apresentada. Ou não terão já muito os políticos em gaveta!?

E o relógio continua a contar... sem resposta nem local para me queixar!

1 comentário
E com o sistema de feedback extraordinário que a Google tem, está a fazer-me perder tempo e ficar preocupado, descobri um série de aplicações que têm acesso aos meus dados, neste momento não confio e não posso remover as aplicações pois não estão listadas, a Google não tem nenhum local para reportar tal acontecimento! Verifico que as aplicações continuam com acesso aos meus dados e nada posso fazer.
Neste momento deixei de confiar na API da Google e não vou aceitar nenhuma aplicação de terceiros que queira aceder aos meus dados, pois neste momento verifico que não consigo ter nenhum controle, e já passaram dois dias e eu sem resposta do famoso gigante, um gigante que desceu e muito na minha confiança. 
E o tempo passa e os meus dados acessíveis a quem já não confio!

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Blogar no Android

Sem comentários
Escrever, colocar imagens e formatar o texto é a tarefa simples que se pede a uma aplicação que diz que permite blogar. Assim andei pelo mercado e acabei a testar o top 3 de transferências. 
Blogger
Aplicação oficial, só formata o texto se tiver sem imagem, não permite a colocação de imagem onde se pretende e no que diz a edição não é uma ferramenta recomendada, contudo acede bem aos conteúdos em rascunho ou já publicados. Uso para edições rápidas e simples, se o artigo for de edição complexa não cumpre.
Blogaway 
Tenta dar uma formatação melhor do que a ferramenta oficial, contudo tive erros no acesso aos rascunhos e quando decidi não confiar na aplicação esta não aparece na lista de aplicações permitidas.
Aparentemente melhor do que a oficial mas deixa a desejar no controlo dos conteúdos. Gravei um rascunho e nunca mais tive acesso a ele, na oficial estava disponível mas o Blogaway não mostrava. 
Bloggeroid
Ao contrário das anteriores trabalha os artigos localmente e em modo avançado, permitindo a total formatação mas obrigando o editor a saber código HTML básico. Para quem edita local fora é uma boa ferramenta para publicar pois este modo avançado assim o permite. 

Em suma ainda não existe uma aplicação que permita blogar de forma prática e intuitiva, a Blogaway tenta aproximar-se mas deixou a desejar pois neste momento qualquer aplicação que me mostre erros estúpidos eu limito-me a desinstalar e não perder mais tempo. Assim tenho duas aplicações instaladas para o mesmo fim, pois só com as duas tenho melhor controlo do que pretendo e mesmo assim, sou obrigado muitas vezes a usar um PC.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

E Google a fazer-me perder tempo! E transmite-me insegurança!

Sem comentários
Validei uma aplicação que agora não confio, para meu espanto esta é mais uma de  duas que validei não me aparecem na lista de aplicações para anular o seu acesso, já reportei para a Google, e não tinha zona para o fazer pois a Google com o seu sistema fez - me perder mais uma hora à procura de algo e não está no local que devia.
Isto a meu ver é uma enorme falha de segurança, pois agora tenho aplicações que Validei acesso, quero anular o acesso pois não confio e não tenho como, neste momento aplicações que não confio podem mexer e aceder aos meus dados e eu não posso fazer nada, grande Google! 

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Chamam-me hacker! Parem nem nome tenho :)

Sem comentários

Quando algum tempo em contacto comigo, muitos ficam com a ideia que sou hacker! Quando normalmente interrogo da definição fico com a ideia do costume, uma definição subjectiva e mais focada na ideia do pirata informático. 
O bicho, o ácaro é um ser minúsculo, e o termo aparece daí, um ser minosioso, que leva um tema à exaustão e pormenor. No âmbito tecnológico conhecer uma máquina no seu todo, estando ciente das suas capacidades é ser hacker, conhecer um sistema de igual maneira é ser hacker. 
Levar um jogo à sua exaustão e pormenor é ser hacker. Mas como tudo tem sempre várias perspectivas é a acção que vai definir o verdadeiro hacker, o que encontra o erro e ajuda a supera-lo e o que usa o erro em seu benefício. 
Nesta destinação define-se agora o White e o Black Hacker, a sua acção define. Muitos ambicionam ser hackers facilmente tornando-se black hacker, cuidado pois quando interrogo para que querem certos conhecimentos, muitos já entenderam que deles não precisam pois o tempo que iriam perder, depois para ser recuperado em dinheiro iria obrigar a más práticas, tem sido fácil em desviar amigos deste caminho, mas só pessoalmente se torna fácil, na web nunca falo sobre este tema com ninguém, nunca consigo ler o outro lado.
E confessando que já mexi em sistemas alheios, a única vez que alterei dados, foi uma vez numa fábrica de azulejos daqui da zona de Gaia, que tinha os seus azulejos partilhados na rede local e para toda a Internet,  alterei o autoexec para avisar da situação. De resto as brincadeiras com BO, e algumas mais não são suficientes para ir ao nível de um Black hacker, e neste momento o conhecimento sobre tanta coisa é tão elevado que me dou ao luxo de entitular de Guru e não de hacker, pois o meu ativismo é mais de consciência do que de acção. 
E escrevo este artigo pois estou a jogar um jogo e Chamam-me de hacker e cheater e cai tão mal, pois apenas estou a jogar e usufruir das regalias que o próprio jogo dá, eles é que estão pouco atentos, então malta, se querem ser top em algo têm que estar atentos a todos os pormenores. 


terça-feira, 28 de julho de 2015

Problema resolvido! Não é espaço é erro no sistema da Samsung

Sem comentários
E este erro não se deve a não ter espaço, descobri que se trata de um erro de permissões no sistema da Samsung, consegui instalar o jogo removendo o cartão SD. O Sistema não está a deixar enviar para o SD. Este erro ocorreu-me nesta instalação e também no Kodi que me obrigou a mudar as transferências para a armazenamento do dispositivo.
Aguardarei por correcção mas este pequeno erro já me criou transtorno. 

A tentar evitar o PC, continua difícil!

Sem comentários
Numa tentativa de usar apenas o Tablet ainda não me é possível, pois no Tablet com a mania das limitações, existem tarefas facilitadas, sim, mas existem tarefas simples que continuam a dar que falar mal, falo por exemplo da falta de capacidade do Android em voltar com um erro para trás, aquilo que o inglês chama de undo, voltar a repetir, o redo, também não está disponível,  para não falar do copiar e colar normal essencial para quem edita.
Existe uma ferramenta que ajuda, mas não disponível para o meu Samsung, pois como cusca todas as caixas de texto, não se torna uma aplicação credível. 
E existem teclados que dão a funcionalidade de colar e copiar, como considero tarefas banais e padrão o Android não ter bem definido estas tarefas é para mim uma grande falha, assim continuo sem poder fazer tudo como quero usando apenas o Tablet, ficando frustrado em ter que usar um PC para concluir a tarefa.
Derivado a esta situação já perdi tempo e algumas vezes informação o que é uma estupidez, tive esse problems no keep, pois uma vez selecionei tudo, e colei em vez de copiar, moral da história não conseguindo voltar a trás e keep sempre a actualizar, perdi o conteúdo de forma estúpida, situação facílima de resolver no PC.
E a aplicação blogger deixa muito a desejar porque ou uso imagem no fim e depois tenho dificuldade em colocar onde quero, ou se colocar imagem depois não consigo formatar o texto!
Android.... tem imenso que evoluir, lamentável o básico ainda não estar com tantas versões que já lançaram. 

Que gozo!

Sem comentários
Até estava a começar a colar e preparar uma revisão ao Clash of Kings. Contudo hoje fizeram actualizações ao jogo. Já estava irritado porque iria ter que fazer reset ao Herói e se não bastasse, a actualização da erro de espaço, bem com gigas disponíveis só pode ser erro. Aguardo a resposta do suporte, mas num jogo onde agora sou líder,  não estar presente a liderar é uma frustração grande.
E claro está já a ganhar pontos negativos da minha parte, o jogo parece excelente, mas não admito erros destes.
Pior ainda vai ser quando terminar o suporte por email e só ser possível contactar o suporte pelo jogo, situação que neste momento não consigo.
E estou seriamente a pensar deixar de jogar como fiz com um de estratégia alemão quando falharam, porque de Alemães rigorosos e cheios de regras não admito erros, estes ainda estou a ponderar.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Gasper Nali - Abale Ndikuuzeui

Sem comentários


Um amigo partilhou um vídeo de Gasper Nali, com um instrumento inventado de reciclagem e uma sonoridade incrível.
E fiquei intrigado com o vídeo,  e depois de umas buscas descobri que além da música ter uma sonoridade fantástica, acaba por ser um grande desabafo e um expressar de um meio num estado deprimente. Contudo tudo é expresso com excelente dinâmica.
E traduzido ainda dá mais força, indignado e a pregar com toda a dinâmica, se soubessem o que diz talvez não estivesse divulgado,
Reparem a tradução, não toda, fica algo como isto:
Quero dizer-vos caros amigos e quero dizer tudo.
Quero pregar tudo hoje.
Vocês malavianos!
Estou tão confuso, por ver pequenas miúdas a começarem a ter sexo tão cedo
e andar como putas!
Miúdas com família tão cedo!
Estou confuso onde vai parar o Malawi!
Quero pregar tudo hoje.
Hoje quero dizer-te tudo.
Estou confuso com o que vejo no Malawi
Ver o pastor ontem bêbado no bar e a beber em vez de pregar.
E vejo a mulher do pastor hoje, é uma puta.
....
E continua na cascadela e dinâmica até ao fim, aí aí aí o há, aí aí aí o hé:) lindo.
Perdido pelo YouTube, https://youtu.be/_9Aw6PaAYk0
E revitalizado pelo Facebook,  força Gasper Nali! casca à vontade.
Ouvir Gasper Nali - Abale Ndikuuzeui (Secousse Mix) de Secousse #np on #SoundCloud
https://soundcloud.com/secousse/abale-ndikuuzeui-secousse-mix  

terça-feira, 21 de julho de 2015

E pelo site dos direitos de autor ....

Sem comentários
E a fazer leitura pelo site de direitos de autor, este supostamente português, pois encontra-se com endereço pt, fiquei triste em ler as palavras em baixo, pois mostra-me,  copiar e colar mal feito! 
E como não apreciei estou aqui a mostrar a minha indignação por este erro!
Então andam a proteger copyright e depois cometem erros destes?!
Estou farto de ver o pt massacrado e a nossa língua com nome diferente, sim porque agora fala-se brasileiro o Português está a morrer, pois até nos jogos já começa a aparecer brasileiro e bandeira brasileira, mas isso ja é o bom trabalho do nosso Ministro dos Negócios Estrangeiros e o número a falar. Viva o capitalismo, que se lixe a origem e a cultura.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

E ao que parece morrem 30 voluntários na Turquia!

Sem comentários


Estava a ver o Facebook e salta uma partilha desta notícia, http://www.publico.pt/mundo/noticia/explosao-mata-perto-de-30-jovens-voluntarios-na-turquia-1702566, respondi da forma realista e arrogante. 
É a forma merecida, pois ando farto de ver pessoas que até querem fazer o bem, mas são manipuladas pelo sistema. Não existe nenhuma instituição humanitária credível, todas elas precisam dinheiro e são assim controladas. E o voluntário nada recebe, apenas fica satisfeito com a sua acção, contudo quando formos até ao topo verificamos que todos recebem honorários! Porquê? Porque não é tudo 100% voluntário? E é um poleiro tão bom, transmite a ideia de preocupação com os outros e ainda dá dinheiro, e ser uma Dama nesta posição tem o seu aparato e preenche o ego.
Sou contra o voluntariado por este motivo e estou tão farto de ver tantos desequilíbrios que prefiro ver o povo sofrer do que ver estes aparatosos ganhar dinheiro, é um esquema, como muitos.
Senão reparem, tem ou não dinheiro a igreja para equilibrar mais? Tem ou não a santa casa da misericórdia dinheiro para mais misericórdia? E ainda é  preciso mais instituições, pois os governos não são capazes de dar bom viver ao povo, o aparatoso ganha e pouco é feito, pois nada se resolve além de um problema pontual, o grosso fica sempre por resolver para dar dinheiro.
E agora o facto de haverem mais instituições permite às que já referi, terem mais lucro! Para quê? 
E não lamento a vida destes voluntários pois se não sabiam dos riscos, menos conhecimentos tinham para tentar equilibrar, e tentar equilibrar algo desequilibrado é complexo, e duvido que quem foi tivesse consciência suficiente pois não é de um ser equilibrado e consciente  tentar equilibrar o que não conhece.
Coitadas das mulheres e crianças, mas esquecem que quem deve cuidar delas são os internos e não os externos, presença externa não desejada dá direito a quê? 
É se é guerra, é guerra não existem inocentes, existe a burrice em a fazer.

Regulamentação a funcionar finalmente, menos preocupação para os pais

Sem comentários
Se bem se lembram, escrevi faz algum tempo para os pais terem atenção a como deixam as crianças utilizar as máquinas.  Nesse artigo referi que existia pouca regulamentação e ficava difícil para os pais de controlar.
Pois bem a Europa estava atenta e estava à espera de aprovações, agora a classificação PEGI já está a ser usada no Google Play ficando mais fácil para o encarregado de educação e até mesmo para uma aplicação de controlo parental de conseguir controlar de forma mais segura, que tipo de conteúdos pode a criança ter acesso.
Deixar qualquer criança com menos de doze anos livre de usar como entende é muito perigoso, recomendo sempre o uso de uma aplicação de controlo parental, fiquei muito contente em ver por exemplo que grandes marcas como a Samsung, tem logo isso em consideração possibilitando logo a instalação de uma aplicação que adorei testar, só fiquei triste porque o nosso mercado é pequeno e não dispõem aplicações para três e quatro anos com o nível desejado e em português. 
Com esta temática deu também para entender que a Alemanha não brinca em serviço e já tinha esta regulamentação, mostrando que não confia na Europa, pois eles estão na Europa a usar o sistema de regulamentação deles o USF, então não entendo porquê, se o PEGI não serve que se melhore, agora ter uma Europa dividida é um erro e estou a começar a detestar em grande escala os alemães, pois imporem regras e depois cumprirem outras, ou seja as deles, não me faz sentido nenhum. Que imponham regras que sejam iguais para todos, luto por um mundo igual, e a Europa mostra - me o quanto é difícil, pois mostra - se demasiado dividida e cada nação mostra bem o seu egoísmo. 
Quanto ao PEGI claro que a iniciativa é boa, vamos agora testar se a regulamentação esta a ser bem filtrada ou vamos ver aplicações mal classificadas.

sábado, 18 de julho de 2015

Kodi - instalando a TV do futuro

Sem comentários

Já disponível no Google Play,  ou seja agora no Android já não é preciso activar as fontes não seguras. Mas instalar a versão normal sem acrescentar extras ficamos com um bom gestor de conteúdos multimédia, mas ficamos a perder o universo de conteúdos que a web fornece.
Assim neste artigo começo desde a instalação até às configurações finais dando ao kodi, um ar português e profissional, ficando muitas vezes à frente de uma box normal de operador.


Neste artigo o meu foco é o Android, mas claro que as configurações são iguais para as outras versões do Kodi, pois existe para Windows, Linux, Apple IOS e mais. 
No Android vá ao mercado oficial procure por kodi e instale.
Se quiser instalar não Android, faça transferência da versão para o seu equipamento, através do site oficial,  http://kodi.tv
Nesta imagem já tenho instalado, mas ainda não tenho as configurações todas, mas nesta fase o importante é depois de darmos um toque em SYSTEM, ficamos com o menu de baixo com o gestor de ficheiros, em inglês o File Manager, é esse menu que nos interessa.
Dentro do File Manager, vamos criar uma fonte, então tocamos em Add source.
Esta é a forma como coloco, dou lhe o nome de fusion, pode ser um qualquer que identifique, até mesmo tvaddons. O importante é a fonte estar com o endereço correcto, neste caso http://fusion.tvaddons.ag 
Quando a ligação falha ele avisa, não deve dar erro, se der e o endereço estiver correcto force e continue com os passos seguintes na mesma.
Vá agora ao SYSTEM e toque em Add-ons como na imagem.

A opção que pretendemos é a Install from a zip file, como mostra a imagem
E aqui a magia tem que funcionar, se depois deste toque na fonte que criamos não vir a imagem seguinte, então ou não tem ligação ou o endereço não está correcto.
Agora ao selecionarmos a pasta start-here, que significa do inglês comece aqui.
 A equipa do tvaddons, já anda nisto faz mais de três anos, já não é verde, e em inglês disponibiliza todas as informações necessárias para kitarmos o nosso kodi, eu vou dar uma ajuda para quem tem dificuldades com o inglês. 
Na pasta de inicio são possíveis as três situações que vemos, uma para instalar só o instalador de programas, com ele configuramos o kodi como queremos, programa a programa, ou seja para utilizadores avançados que já conheçam bem as extensões do kodi e sabem o que querem. O outro ficheiro serve para fazermos reset ao kodi. E o que nos interessa é o mágico hub-wizard, um programa que nos vai permitir configurar muito, e rápido. 
Agora vamos ao menu PROGRAMS, não vê ainda como na imagem, verá depois. Agora o importante é tocar no menu.
Aqui já tenho alguns programas extras instalados, mas deve ver o Config Wizard, entre dentro desse programa.
Deverá ver como na imagem em baixo.
Neste caso selecionarmos Android, ou o seu caso. E o assistente de configuração perguntará se queremos continuar e as nossas configurações do kodi serão alteradas.
Depois deste processo automático,  muito ficou já feito automaticamente. 
Em cada menu, Vídeo,  Música,  Imagens, o mágico script já adicionou extensões automaticamente, depois ensino a configurar a prazer, agora vamos continuar e acabar a instalação primária :) 
Vamos voltar ao menu PROGRAMS e escolhemos o programa Addon Installer, vamos ficar na imagem em cima.
Aqui vamos fazer uma procura por autor e colocar o nome do programador das melhores extensões portuguesas, o fightnight. 
Ele resolveu oficializar, ou seja apenas temos acesso ao legal e público, morreu o conteúdo pirata pelo TV Portuguesa, não significa que não existam alternativas e extras piratas.
Mesmo assim o acesso a praias, rádios e TV oficial está óptimo e reparem que dá a programação dos canais, um bom pormenor. 
Em baixo o trabalho dele.
Recomendo a instalação do TV Portuguesa e do Ok Goals para quem gosta de futebol.
Neste momento a nível de extensões está tudo, conteúdo de adulto também é possível, mas não vou trazer essa temática para aqui, fiquem com a ideia que é simples acrescentar, um pouco como fizemos agora para as extensões do fightnight.

Vamos agora ao menu de Settings que se encontra no menu principal SYSTEM e aí neste momento, interessa irmos à opção de Appearance. 
Agora na language selecionamos Português e depois removemos o inglês, senão o kodi fica com as duas opções. Nas legendas acontece o mesmo, logo devemos só selecionarmos as línguas que queremos, português e derivados.


E o nosso kodi, já em português,  mudem também o teclado e ficam com definições como mostra a imagem, métricas em português e tudo como estamos habituados.
Agora falta activar os serviços de legendas, para termos as nossas séries e filmes legendados.


Então ainda nas definições mas de Video vamos acrescentar os serviços de legendas e verificar que tudo está na nossa língua. 
Aqui definimos o comportamento das legendas, cor, tamanho, se descarrega automático, quais os idiomas para procurar legendas e os serviços, que ficam mais abaixo como mostra a imagem em baixo. 
Reparem que nos Default TV show e movie tenho um serviço por defeito, ou seja o serviço que o kodi vai usar automaticamente,  mesmo que tenha vários este é usado primeiro, manualmente tenho acesso a outros instalados.
Ao darmos um toque ele vai pedir qual o serviço e se não existir nenhum o kodi ajuda-nos a configurar.
Neste caso estou só a usar o opensubtitles mas com o Get More posso acrescentar os que quiser, nesta configuração vou definir qual o kodi usa padrão.
Neste momento, temos praticamente tudo pronto, vou só dar mais umas dicas de visualização. 
Esta dica de vídeo é importante, pois como padrão o kodi usa aceleração de hardware, esta funcionalidade pode dar direito a situações que vemos ecrã preto e ouvimos som, nestes casos o seu equipamento não suporta a aceleração por hardware e tem que anular esta opção. 
Para o fazer, repare como está o nível das definições como mostra a imagem, toque até ter a opção de experiente, e com esta opção activa já tem acesso às configurações de aceleração. 
Explore as definições em função do seu equipamento. 
Agora vamos ao toque final, voltemos às definições de aparência e tocamos nas definições,  vamos ficar com o menu como mostra na imagem em baixo.
Aqui temos acesso a configurar os atalhos que queremos ver no nosso kodi, os acessos directos. Depois das extensões instaladas podemos vir aqui coloca-la como atalho desejado. 
Assim no vídeo recomendo mudar o 1channel e o Projecto free tv, pelo TV Portuguesa e o Ok Goals. 
Depois da mudança fica como mostra em cima, e o nosso kodi fica agora a nosso prazer.
E depois de algum esforço e com dicas, uma tarefa que pode ser muito demorada, a explorar extensões e como as instalar, configurar e ver se funciona temos um kodi profissional! 
Depois escrevo um artigo em que falo um pouco das extensões, este já está muito extenso.
E depois de algum tempo e esforço partilho aqui as configurações kodi que já me deram uns trocos, pois tenho muitos pedidos de quem não quer ter trabalho e paga a quem sabe pelo tempo.
E depois de algum uso, diga-me se não mereço um café :)

terça-feira, 14 de julho de 2015

TV Portuguesa - a extensão do kodi oficializou

Sem comentários

Já não usava o kodi, antigo xbmc, faz algum tempo, estou habituado a extensões internacionais então poucas são as diferenças que notei.
Contudo no universo nacional, o fightnight resolveu tornar a sua excelente extensão oficial, para isso foi só manter a excelente programação e manter apenas os conteúdos públicos. Esta eliminação dos conteúdos pirata deu um ar mais oficial à extensão e agora com o kodi disponível no mercado da Google fica mais fácil instalar oficialmente.
Os conteúdos piratas continuam, mas com outras extensões, e martelar a biblioteca para rtmp pirata só com root no aparelho.
Mesmo assim com a versão oficial e sem martelar, estou a ver os conteúdos que pretendo sem problemas, continuo com a ideia que esta ferramenta multimédia me presta melhor serviço que uma caixa (box) de qualquer operador, isto porque acedo aos conteúdos quando quero e sigo as séries com o ritmo que quero, estou por exemplo a ver a Humans, série ainda não disponível em canais portugueses.
Sim e esse é o problema, canais para quê? Conteúdos repetidos e programação que de nada me serve pois tenho os meus tempos e não os da televisão, por isso o canal prende, levando a mudança de rotina em função da programação mas isso são hábitos do passado eu não os tenho, não estou habituado a ver televisão e os únicos canais que fazem sentido são as notícias, e mesmo essas são tão filtradas que deixam a desejar.
A tua liberdade audiovisual está no kodi, tens instalado? Usas? Basta Internet e tens tudo, melhor que os serviços disponibilizados que muitas vezes nem título nem prólogo da série disponibilizam.

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Na busca pela educação

Sem comentários

Já faz algumas semanas que tinha reparado neste cartaz. Um bar da zona a apelar à boa educação! Agora pensem, para estar a haver necessidade de um cartaz como anda a educação da malta! Chamou-me à atenção e certo dia quando me meto com o funcionário, um amigo, ele faz questão em me esclarecer sobre o cartaz e frisou que o seu patrão faz questão de que ele o promova.

Eu na brincadeira dei a minha versão, eloquente e bem educada, contudo com um desejo que podia não ser bom divulgar alto, quando me aproximo do ouvido dele ele acha a atitude homossexual e mudo então a acção e um pouco o discurso. Acabei por tomar o café pelos 0.50c e ele muito se riu da minha interpretação. 

O cumprimento em português é igual ao inglês, ou seja a palavra é o Olá ou então a pergunta retórica tudo? Ou tudo bem? E fica igual aos nossos amigos Olá com Olá, tudo com tudo. Contudo com a evolução começamos a pensar nos outros, então no cumprimento acrescentamos um desejo e apareceu o bom dia, boa tarde e boa noite, todos estes são desejos e não cumprimentos. E desejos que ficaram tão banalisados que já nem assunto têm, outras vezes até dá para gozar pois o tempo nem mostra a tal boa tarde ou noite. Desejar algo de bom a outro terá sentido se for sentido e ser educado e saber falar não mostra o sentimento. Assim nos educam a ser educados e cumprimentar, contudo desejar é opção é só se deve fazer se for sentido ou não terá valor algum.

E a brincar no plano metafísico desejei uma noite de sucesso além do bom trabalho, não sei se foi ou não, mas foi o meu desejo. Cuidado com o que desejam, pois a vontade é uma força que dele vem.

Divirtam-se com saber, trás melhor viver.



quarta-feira, 8 de julho de 2015

Além do céu

Sem comentários

Quando procuras tão longe não percebes que a estrela és tu.


Imagem: Google Images, se violar direitos avisem que removo imagem

terça-feira, 30 de junho de 2015

Ama mais

Sem comentários

Posso com palavras tentar
e nunca conseguir.
Para mudar
é preciso sentir.
Qual a tua filosofia?
Segues alguma?
Traz-te alegria?
Não segues nenhuma?
Andas à toa por agora!
Sentes o bom viver?
Manda o sofrimento embora,
é hora de renascer.
Equilibra o teu ser,
mostra que sabes pensar,
agarra o viver,
como quem sabe amar.

domingo, 28 de junho de 2015

Quando vai o meu estado arrumar a casa?

Sem comentários

Apontar o dedo, ou deixar o apontamento em gaveta para mais tarde nada serve para resolver problemas. Apenas serve para mostrar que a solução não foi a melhor e assim sendo é provável ter aumentado os problemas. Um dos problemas identificados é mundial, provocado pelo próprio todo e com origem americana, é normal os maiores pensadores por dinheiro lá estejam, e este pensador financeiro, conseguiu o esquema ideal, assim sendo não existe maneira de responsabilizar um, pois o todo foi cumplice. Aprendeu-se?
A europa reage sempre de forma lenta, uma tentativa astuta. E aqui no meu meio, tem-se apelado à consciencialização, ainda pouco na consciência do todo, mas a entrar aos poucos. Ainda são necessários mais pensadores para pensarem pelo todo, pois ele encontra-se mal habituado e pensa, cada um mostra-me que faz pelo outro fazer e não porque pensa ser a forma mais correcta. Então sendo um estado que tem um povo teimoso em mudar para melhor como tratar esse problema com tantos outros bem mais dificeis e prioritários? E sendo um estado pequeno, como motivar a mudar a economia? Mas tem Portugal algum pensador com novas variaveis para o sistema? E havendo novas variaveis a introduzir, será Portugal um bom inicio? Dentro do modelo atual verifica-se um esforço para equilibrar, mas tendo dívida fica muito dificil sair, e depois relacionando com outros casos, será justo trazer tanto sacrifico ao povo? Vejo o povo bastante receptivo à tecnologia, mas para introduzir novas variaveis no sistema economico, não deviam haver analfabetos nem infoexcluidos e infelizmente conheço casos de ambos. Existiu grandes preocupações na educação, neste agora consigo verificar que estamos a educar mal e a deixar as crianças com muitas dúvidas, estamos despreocupados com o futuro! Os pensadores da minha geração estão bem pagos mas a ganhar o deles fora do país, em vão o sacrifico dos pais pelo país, mas gratificante para o individuo, bem investido por quem largou o dinheiro, pois agora colhe os beneficios. Não sei se a Alemanha vai conseguir equilibrar, necessita mão de obra. E quem quer ir para a Alemanha? Eu não! Quem fica quer um Portugal melhor, então não apontem o dedo, mudem, pois ao olharmos para nós e não para o outro encontramos muitos erros. E vontade de mudá-los? Se em cada agora que se lembrem que cometeram um erro o assumirem e corrigirem está feito, parece um método simples, mas o teiomoso e orgulhoso do português tem sempre razão e é perfeito não comete erros nenhuns! A culpa é SÓ dos governantes.... E tudo pratica o: olha para o que digo e não para o que faço.... Começando tudo com uma permissa errada.
Bom domingo.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Chorei por ti

Sem comentários
Ainda tenho a sorte,
de não sentir alheia morte,
mas esta tão perto será tão forte
que é difícil sentir tal corte.

Morte de mãe é doloroso,
mas entende que está em paz,
teu desequilíbrio é vergonhoso,
ir em frente tens que ser capaz.

A família tem que equilibrar,
e teu ser tem que ajudar,
desequilibrado ajudarás,
a na família não haver paz.

Senti o teu estado,
estavas desequilibrado,
tua irmã ao teu lado,
a tentar-te equilibrar.
Assim deves fazer,
quando ela precisar,
se continuas a sofrer,
onde vais estar,
quando ela de ti precisar.

Vive o presente,
e segue em frente.
Não deves desistir,
e saber no que persistir.
Família vale a pena lutar,
se se estiverem todos a amar.