Omninvi :: Invii demanda sapientia

Um doidivanas mostra o seu saber por intermédio das palavras e um pouco da imagem. Poemas, opiniões, revisões. Uma mistura de sociedade e tecnologia. Com temáticas conforme me vou lembrando de escrever.

sábado, 15 de dezembro de 2012

Ser pago por visitar sites! Estamos a testar sites PTC

Sem comentários

A equipa do marados está a testar sites PTC (Pay to Click) que pagam por clickarmos.
Alguns banners são dinâmicos e dão para ver o ganho em tempo real.
Ajude-nos a testar e ganhe dinheiro com isso.

Sites que estamos a considerar credíveis...

até $0.02 por click
Pagamento: $8+(Standard)$6+(Premium)
Paypal
Sistema de Pontos e PPC
Varia entre cêntimos e pontos
$1 click
Pagamento:$500+
Paypal
$0.001 por click
Pagamento: $2+
Paypal
até $0.003 click
Pagamento: $3.00+
ANIMATED Banner 2 $0.01 Click
Pagamento:$1+

Sites que já consideramos banhada!


www.sixdollarclick.com
http://www.sambux.com
http://www.buxforclix.info
http://www.uniqueclix.com
http://www.jobahoy.me
http://explobux.com
http://www.profitptc.info

Pagavam muito duraram pouco, devem ter paga a alguns talvez os primeiros, depois disso foi obrigar a malta a ver publicidade gratuitamente e repetidamente. Perguntamos quantos não terão caído no erro de se registar e gastar dinheiro, fugindo ao seu objectivo inicial que era de ganhar dinheiro. Especial nota para o de seis dollar o click, que sonho, um ordenado.

Siga o instinto, desconfie, mas arrisque a perder uma hora por dia, uns trocos dão sempre jeito, e alguns sites tem promoções em conta para quem estiver interessado e é frequente podem-se tornar horas lucrativas.

Continuamos a testar sites que pagam, mas como devem calcular não podemos perder tempo total nesta pequena experiência.

Para experimentar não precisa de aderir a todos os programas PPC que estão aqui, basta organizar-se, escolher alguns e gastar 2h horas por dia ou menos para ao fim de algum tempo ter mais um dinheirinho na conta. Estamos a preferir sistemas que permitam paypal para receberemos o dinheiro e que o interface seja intuitivo e fácil de usar.

Esta experiência vai ter no mínimo de 6 meses para verificar se efectivamente pagam, mesmo que não se aderira aos programas extras que alguns tem para oferecer.
Outros permitem que publicitemos sem custo, ou seja em vez de sermos pagos, promovemos, estamos a testar também essa possibilidade.
A lista vai aumentando com o tempo, todos estão em testes, assim que algum permita o retorno do dinheiro fica referenciado na lista como verificado.
Este artigo é dinâmico. Ultima actualização:02-abr-2013

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Live do Mint em Português

Sem comentários
Já referimos no artigo, nós recomendamos o Mint, que o Mint era a nossa distribuição favorita, já desenrascou um amigo durante algum tempo, mas agora o cenário complicou. Outra pessoa amiga está com o disco danificado e não pode comprar outro de momento, mas arrancar com o LIVE em inglês é algo complicado para quem pouco percebe de computadores e nada de inglês!
Assim foi proposto um desafio, tornar a LIVE do Mint português.
Para isso é preciso fazer um remaster da ISO original e acrescentar os pacotes de língua portuguesa, com alguma busca pelo site da comunidade verifiquei que existe um artigo que esclarece direitinho todos os passos então foi mãos ao trabalho.
Depois de algumas horas, consegui finalmente ter a nova ISO como pretendido, uma masterização da versão linuxmint-14.1-mate-dvd-32bit.iso onde foi acrescentado o Chrome e o idioma português, definido português como padrão e configurado o teclado.
Enfim a ISO ficou enorme, pois como não podia deixar de ser era para mim essencial ter o Chrome, a razão é simples se vamos ter uma solução temporária, guardar os favoritos online é recomendado, ou seja com o Chrome podemos ter o nosso ambiente de navegação sempre igual, e visto que depois de reiniciar o computador tudo que tínhamos na LIVE se perde, ter essa funcionabilidade é excelente.
Assim neste momento já temos algo para mostrar.
Problemas desta versão:
  • Por ser tão grande pode não ser suportada por algumas BIOS
  • Não Cabe num CD, só num DVD
  • Não Cabe numa PEN DE 1Gb
Surge então a questão, que pacotes eliminar?
A versão original inclui um Office, será útil? Gimp para edição de imagens será necessário? Bem tudo depende do utilizador é certo, mas estou a estudar a redução para uma versão que permita um CD, assim permite também a opção da PEN de 1Gb, ficando a utilização mais limitada, certo, mas servindo uma maioria mais vasta.
Entretanto se tiverem uma PEN com mais de 1Gb podem experimentar sem problemas esta versão, o local de transferência encontra-se no endereço em baixo:

Nota: se transferiu a versão mint-14-marados-0.6-MATE-32bit.iso não se esqueça que tem sempre que abrir um terminal e executar o comando: dns-fix <enter> depois disso tudo funciona correctamente, e versão 0.7 tem esse problema corrigido.

Desfrute de um linux em português sem precisar de instalar nada.
Deixe um comentário com a sua experiência, dica, algo que gostaria que tivesse na versão LIVE.
Contribua para o melhoramento se assim o desejar.

eZee 'Tab702 da Storex, um caso com um tablet low-cost

Sem comentários

Comprado na loja pelo preço de 79,00€, mais a bolsa 4,90€, ou seja 83,90€ o pack, num desses grandes centros, este tablet deu logo que falar desde inicio! Isto porque para meu espanto quando o liguei pela primeira vez já tinha fotos de um casal! Quer dele, quer dela! Não tinha Google Play Store, o antigo mercado também não estava disponível, o que me estava a impulsionar a escrever sobre isso, pois para mim não foi problema arranjar as aplicações que estava habituado, mas mesmo assim algumas tive dificuldade, e outras estavam um pouco desactualizadas em relação às disponíveis no Google Play Store.
Procurando na lista de dispositivos suportados (lista em inglês), nem pensar nisso, então fiquei um pouco desiludido mas por outro lado não muito desanimado, isto porque sem Google Play Store o gosto por andar na descoberta de aplicações recentes diminui, mas também foca-me mais aos factores essenciais para qual comprei o tablet, que são a leitura e a escrita.
Para a escrita qualquer simples editor de texto serve, para a leitura ainda ando a explorar qual o melhor cenário, pois de noticias tenho o caso resolvido, mas para livros ainda estou um pouco na dúvida.
Por falar em livros, o tablet vem com software de mercado próprio que disponibiliza algum literatura em inglês gratuita, dá pelo menos para ter uma noção como é ler no tablet.
Depois de duas semanas de utilização, o comportamento do equipamento foi simples, chegava a perto de 50% de bateria e desligava-se completamente.
Fui à loja para ver o que podiam fazer e foi para reparação, estive duas semanas sem ele, mas agora veio com uma actualização de firmware, actualização esta que já inclui o Google Play, então a experiência passa automaticamente a ser outra.
Se o seu tablet Storex não tem Google Play Store e ainda deve estar na garantia de certeza tente ir à loja onde o comprou e peça para fazerem uma actualização ao firmware vai ver que vale a pena ficar sem ele umas semanas.
Para aqueles que não tem, nem podem ter no seu android o Google Play Store mais tarde talvez escreva um artigo sobre isso, para já comecem por aqui.
Quanto a este Storex a experiência continua, e talvez mais tarde fale mais um pouco sobre ele, para já um low-cost que cumpre as funções que lhe quero dar.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Pequeno esclarecimento sobre ligações externas ao blog

Sem comentários
O maradostec está a fazer "a experiência bitcoin" e um dos serviços que está a testar é um serviço de redireccionamento com publicidade. É uma forma de fazer a experiência e verificar se é mais uma maneira possível de rentabilizar o blog.
Mas como aqui a malta do maradostec sempre foi transparente nestas questões, as publicidades sempre foram limpas e fora do conteúdo principal, foi algo que nos levou também a aceitar tão bem as visualizações dinâmicas, o leitor escolhe a forma de ver e tudo é claro e limpo.
Contudo agora com esta modificação no endereçamento para os conteúdos externos ao blog, aparecerá sempre uma página intermédia com publicidade, um serviço chamado CoinUrl.
Ele coloca uma barra dele mesmo e coloca uma publicidade em baixo que pode ser útil ou não.
No canto direito da barra aparece uma imagem como a mostrada aqui, Skip Ad significa Saltar anuncio mas isto não é reconhecido por muita gente, por isso nós fazemos questão em avisar.
Só depois de clicar na imagem que diz para saltar o anúncio é que é redireccionado para a página que fazemos referência, ou seja o conteúdo pretendido.
Esperemos que esta medida não diminua o seu interesse pelos nossos conteúdos, mas publicidade limpa tem significado rentabilidade reduzida, e não significa que este método não seja limpo, apenas precisa ser esclarecido, pois nem todos que lêem o blog entendem inglês e depois podem pensar que já estão no conteúdo desejado quando na realidade tem que clicar na imagem, por isso lembre-se que conteúdos externos ao blog tem que clicar na imagem para saltar o anuncio, quer seja antes ou depois de o ver.
Cumprimentos e boa leitura.

Nós recomendamos o Mint :)

Sem comentários

E começa a ser notório que o linux ganhou algum significado, contudo ainda são poucas as pessoas que arriscam a um sistema operativo que em caso de dificuldade poucos são os que podem ajudar. Bem hoje em dia com a Internet, esse tipo de pensamento já não deveria ocorrer, isto porque algumas pesquisas pelo google e certamente que vamos conseguir encontrar solução para o nosso problema. Pense sempre que, se está a ter o problema, não é o único e certamente a solução aparecerá com o tempo.
Mas falando agora mais de linux, baseado no Ubuntu (um para todos) uma distribuição que se tornou estável e muito celebre, apareceu o Mint.
Do ubuntu derivou por exemplo o blackbuntu, uma das distribuições preferidas dos hackers iniciados , com ferramentas em janela para quase tudo que é infiltrações, sou mais adepto do backtrack :), ainda escreverei um artigo sobre isso, mas se formos para trás o ubuntu deriva do debian :)
Mas continuando agora com o Mint, ou seja a andar para a frente, a ultima versão a 14 com o nome de código Nadia, revelou-se estável e está linda, nós estamos a recomendar o Mint exactamente por isso, a preocupação já não é a estabilidade pois isso está conseguido, a inovação está no aspecto, algo que esta distribuição sempre se preocupou.
Outro aspecto que já não é de preocupar é a instalação! Primeiro temos sempre a hipótese de arrancar com o DVD ou a PENDRIVE e ver como é que o sistema corre na nossa máquina, o chamado LIVE e depois se desejarmos instalar podemos fazê-lo a partir do LIVE sem grandes dificuldades e com possibilidade de arranque múltiplo (o chamadao dual-boot), onde ficamos com a opção ao arranque de qual sistema vamos arrancar, e ainda com algumas mais opções como teste de memória e claro para utilizadores avançados existe sempre a possibilidade de mais opções claro :).

Aplicações práticas de ter o Mint em DVD/PENDRIVE

Eu por exemplo ando sempre com uma LIVE numa PENDRIVE, e muitas vezes consigo desenrascar amigos que tem que reinstalar a máquina e não conseguem aceder aos dados basta arrancar com a PENDRIVE  e consegue-se facilmente copiar os dados para outro dispositivo.
Um amigo teve o disco avariado durante mais de meses e durante esse período usou o arranque pela PENDRIVE e utilizou a máquina sempre a partir do LIVE (Ficas-me a dever uma fitaboa ;)).
Verificação de discos, o Disk utility que vem incluído permite ver e fazer o teste aos discos com a tecnologia SMART, onde facilmente se consegue ver se o disco tem erros ou outro tipo de problemas. Considero este diagnóstico muito útil.
Então repare como técnico consigo, fazer teste à memória da máquina, fazer diagnóstico do disco e copiar os dados do disco para outro dispositivo, ou seja resolver muitos problemas :)
Como utilizador tenho um sistema estável e fácil de usar e claro se instalar o sistema consigo sempre personalizar muito mais e ter acesso a mais apliações.

Conclusão

Conseguir testar antes de instalar é uma grande vantagem e mesmo sem instalar a utilização é amigável e cada vez de mais fácil acesso e dá sempre jeito ter um DVD/PENDRIVE disponível.
Experimente e verá que consegue fazer muito, por tão pouco.
Página oficial de download 32bit, aqui.

domingo, 9 de dezembro de 2012

bitPaio

Sem comentários

O bitPaio é uma criação da equipa do maradostec com bitcoins.
O jogo é simples quanto maior o risco, maior o ganho.

Aposta mínima; 0.05btc Aposta Máxima: 10btc

Para jogar basta enviar uma quantia para uma das seguintes carteiras:

25% de chance de ganhar, paga x3.839
1Q7atWY6yAg9w4D1GmcdN6kNajinvfPvt3

45% de chance de ganhar, paga x2.133
1MGirH2JQ4NqmVFZ5B428a1qRGY4SqavVa

50% de chance de ganhar, paga x1.92
1CkuFMTq1EWHMh24LW3MPHWFUdLzgTQNwc

55% de chance de ganhar, paga x1.746
151JiefoQU2vrG6dW3nFfWxMrWbGGHP5DA

75% de chance de ganhar, paga 1.28
12518nbzgvGSE5HSk9UKEN21C1gDKJvrAg

95% de chance de ganhar, paga x1.011
1FGNY861zmJH5S3N8Me9U2mtTm2AnjbBMV

Se não quiser arriscar muito pode optar por ganhar pouco mas ter uma chance de ganho elevada, o jogo está desenhado para todos os gostos e carteiras.

O bitPaio é baseado num programa de afiliação e faz parte da Experiência Bitcoin.
Qualquer dúvida pode deixar comentário que responderemos o mais breve possível.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Experiência Bitcoin

Sem comentários
A equipa do maradostec está a realizar o que chamamos de "Experiência Bitcoin". Já fazia algum tempo que a equipa estava de olho na moeda, mas depois de algum tempo a estudar o processo de mining achamos melhor não arriscar em fazer o teste, pois ia demorar se calhar mais tempo do que esta experiência que resolvemos fazer e envolveria mais hardware disponível enquanto que para esta experiência basta o computador de cada um.
Então que experiência é esta!? Cada elemento da equipa está a criar uma carteira bitcoin e depois vamos testar um pouco tudo o que podemos fazer com a moeda, a começar do zero. Será possível? Bem possível nós sabemos que é, mas será rentável começar a trabalhar online com esta nova moeda, sim porque se vamos trabalhar com a Internet, porque não uma moeda da Internet?
A ideia é testar tudo possível com uma moeda, mas neste caso trabalhando para conseguir dinheiro, como é normal e partindo completamente do zero. Claro está que mais para a frente para testar serviços também vamos passar dinheiro real para uma carteira.

A criação da carteira

A criação da carteira, apesar de muitos clientes disponíveis (ver alguns no site oficial) e alguns fornecedores de carteiras online que nos permitem uma carteira de forma instantânea a equipa preferiu usar o Bitcoin-qt, desenvolvido pelo pai da moeda, Satoshi Nakamoto
Imagem bitcoin a sincronizar carteira
Bitcoin a sincronizar a carteira
Para a criação da carteira, apenas tivemos de fazer a transferência da aplicação para o nosso computador e esperar que a carteira sincronize, este processo pode demorar entre dez horas ou mais, pela nossa experiência um na rede MEO demorou cerca de três dias e um na rede ZON igual tempo, apesar de diferirem as horas que ambos os computadores estiveram ligados.
Dica: Se quiserem ter mais do que 8 ligações activas e acelerar um pouco o processo, talvez seja melhor configurar o Router, pois o UPnP não será suficiente e muitas vezes com mais que um computador a fazer pedidos, o Router fica baralhado, a porta que o bitcoin usa é a 8333, se não souberem como fazer podem ler um pequeno tutorial no maradostec, [aqui].

Como começar a rentabilizar a carteira?

A começar do zero, vamos então analisar alguns sites que nos permitem ganhar alguns mBT (microbitcoins), quase como se fosse o cêntimo da moeda mas muito mais extenso!
A lista de sites vai aumentando consoante vamos verificando que pagam:

  • BitVisitor , paga por visita, fácil de usar e limpo. Podemos visitar um site a cada  5 minutos, funciona melhor no IE, o contador no Chrome não funcionou muito bem. Para já os testes comprovam que pagam, o pagamento pode ir até 0.56 mBT.
  • CoinUrl , paga por redireccionamento,  pode ser rentável para quem tem um blog e quer rentabilizar as ligações externas, como fizemos aqui no maradostec. Paga para qualquer carteira que definirmos, comissão de 25% aplicada aos ganhos, excepto em transacções inferiores a 0.1btc, permite também controlarmos afiliações e eventuais partilhas de lucro, assim como publicitarmos os nossos conteúdos, até à data tudo parece funcionar bem.

Como receber em dollar ou Euro?

Sites em estudo.
A equipa ainda não tem bitcoins suficientes para testar este tipo de serviço, se quiser contribuir para a experiência pode fazê-lo, anónimo ou não, enviando uma qualquer quantia  para a nossa carteira de testes: 13uTR61MkLSrK84ZcDMe24p3Vw3h8njxaA

Sites onde podemos comprar com bitcoin?

Sites em estudo.
A equipa ainda não tem bitcoins suficientes para testar este tipo de serviço, se quiser contribuir para a experiência pode fazê-lo, anónimo ou não, enviando uma qualquer quantia  para a nossa carteira de testes: 13uTR61MkLSrK84ZcDMe24p3Vw3h8njxaA

Site que testamos e fica dúvida!

Aqui ficará a lista de sites que andamos a testar e que fica dúvida a forma de actuação e pagamento:

Ao fim de 3 meses de experiência...

Ainda nela :)

Este artigo enquadra-se no conceito de artigo dinâmico, ou seja o seu conteúdo vai mudando a qualquer momento.